QUINTA DA FONTE BELA - Tradição em grande escala

Engenheiro técnico agrário de formação, José Neiva Correia começou por estagiar no Centro Nacional de Estudos Vinícolas realizando, posteriormente, etapas de aperfeiçoamento em Bordéus, França, e na Alemanha (Gasenheim).

Em 1998, era já um enólogo de renome em Portugal, trabalhando como consultor para várias empresas, uma das quais a D&F Wine Shippers, nesse tempo a maior importadora de vinhos portugueses no Reino Unido, quando decidiu associar-se aos seus donos. Ao “D” de Dino Ventura e ao “F” de Fausto Ferraz, juntou o “J” de José e nasceu a DFJ Vinhos. Mas, em 2005, tornou-se o seu único proprietário pois, com a morte de um dos sócios, optou por comprar a totalidade do capital da empresa.

Sediada entre o Vale de Santarém e Valada, a pouco mais de meia hora de Lisboa, a DFJ Vinhos ocupa aquela que já foi uma das mais célebres e vastas propriedades da zona sul do País, a Quinta da Fonte Bela. Um conjunto de construções em pedra, imponentes e de traço insólito para a região, uma mistura de arquitectura francesa de châteaux onde não falta a telha de Marselha, com resquícios de arquitectura industrial, a julgar pela impressionante chaminé da destilaria que se avista a muitos quilómetros de distância. Era aqui que António Francisco Ribeiro Ferreira, um dos maiores latifundiários de Portugal, produzia, em finais do século XIX, aguardente vínica destinada à produção de vinho do Porto.

Pouco a pouco, José Neiva Correia tem vindo a recuperar as várias instalações da quinta, nove pavilhões no total (cerca de 8000 metros quadrados de área coberta) entre armazéns, destilaria e a imensa adega em utilização com mais de vinte metros de pé-direito e cubas com capacidade para 2,5 milhões de litros, bem como uma outra, desactivada, mas que é considerada a maior adega de tonéis de madeira do País, hoje utilizada para estágio do vinho em meias pipas de carvalho-francês, português e americano. E ainda uma tanoaria onde se fazem os restauros das barricas, o laboratório onde cria e prova todos os vinhos da empresa, bem como a central de engarrafamento com uma capacidade de 3000 garrafas por hora.

IMG_4494 qta fonte bela